DOENÇAS CAUSADAS POR BACTÉRIAS




As bactérias são microorganismos, ou seja, seres muito pequenos que não podem ser vistos a olho nu. Elas são formadas por uma única célula procarionte, mas apesar de serem pequenas, se multiplicam com grande velocidade. Elas se encontram em toda parte, na água, no solo, inclusive em nossos corpos.

Há 300 anos, ninguém sabia da existência deste tipo de vida, até que o holandês Leeuwenhoek as observou pela primeira vez. Mais tarde em 1865, Louis Pasteur, descobriu através de seus estudos que elas se multiplicam e causam doenças. Posteriormente, os estudos se tornaram mais precisos depois que Roberto Koch, em 1870, descobriu como colori-las e mantê-las vivas em uma espécie de geléia que ele mesmo criou. Desta forma, elas poderiam ser observadas por mais tempo e também de diferentes formas, fato que permitiria um conhecimento mais completo e aprofundado deste tipo de vida.

Os principais tipos de bactérias são : os cocos – com formato arredondado; bacilos – alongadas com formatos de bastonetes; espirilos – com formato em espiral e vibriões – que possuem formato de vírgulas.
Mas ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, não há somente bactérias que fazem mal. Há muitas bactérias que desempenham papéis muito importantes na natureza. Como as bactérias que habitam dentro das raízes das ervilhas, elas produzem uma substância química que auxilia no crescimento da planta.

No solo existem bactérias que ajudam as folhas velhas de plantas a apodrecerem, assim fornecendo alimento às novas plantas. E até no organismo humano há bactérias que nos ajudam na digestão de alimentos, que nosso sistema digestório tem dificuldade em digerir.

No entanto, há certas bactérias que prejudicam como as bactérias que causam danos sérios em vegetais a ponto de destruí-los. Elas também podem parasitar o corpo do homem, assim causando mal a nossa saúde.
Aproximadamente metade das doenças contraídas pelo ser humano é causada por bactérias. Essas infecções ocorrem geralmente pela inalação ou ingestão de tais organismos, podendo se manifestar em diversos locais do corpo, como pele, sistema respiratório, sistema digestório, entre outros.

Publicidade:


Uma das doenças mais comuns é a acne – popularmente chamada de espinha – é uma doença de pele que atinge cerca de 80% dos adolescentes, afetando os folículos pilossebáceos – unidades formadas por pelos e glândulas sebáceas. Ela é causada pelo excesso de produção de queratina na pele, que resulta no entupimento do orifício folicular, assim deixando as fiquem glândulas sebáceas agitadas e produzam sebo em excesso, dando origem a proliferação de bactérias como a Propionybacterium acnes e a Staphylococcus epidermides , assim causando inflamações. Para o tratamento é indispensável uma consulta médica, já que para cada caso é indicado certo procedimento. Como mudanças na alimentação, uso de pílulas anticoncepcionais para controlar a dosagem hormonal, e alguns medicamentos, como a isotretinoína.

Outra doença é a bronquite, ao contrário da acne ela é mais séria e requere mais cuidados. A bronquite é causada pela inflamação dos brônquios que são canais que conduzem o ar da traquéia até os alvéolos pulmonares. Os principais sintomas dessa doença são tosses persistentes acompanhadas de secreção. A bronquite pode ser aguda ou crônica.

A bronquite aguda está relacionada à inalação de substâncias tóxicas, irritantes ou alérgicas. Pode ser curada rapidamente após a recuperação pulmonar do indivíduo. A bronquite crônica é causada pela alteração da mucosa dos brônquios pela contínua exposição de agentes irritantes, como o cigarro, que é a principal causa de seu aparecimento.

A hanseníase é uma das doenças mais antigas na história da medicina. Ela é causada pela Mycobacterium leprae parasita que ataca a pele e nervos periféricos, mas que também pode afetar outros órgãos como o fígado, os testículos e os olhos. Essa bactéria pode ficar encubada, sem manifestar a doença por até cinco anos. Sua primeira manifestação consiste no aparecimento de manchas dormentes, de cor avermelhada ou esbranquiçada, em qualquer região do corpo, placas, caroços, inchaço, fraqueza muscular e dor nas articulações. Com o avanço da doença, o número de manchas ou o tamanho das já existentes aumenta e os nervos ficam comprometidos, podendo causar deformações em regiões, como nariz e dedos, e impedir determinados movimentos, como abrir e fechar as mãos.

A maioria das pessoas é resistente a essa bactéria e não a desenvolve. Cerca de noventa e cinco por cento dos parasitas são eliminados na primeira dose do tratamento, já sendo incapaz de transmiti-los a outras pessoas. Assim o paciente pode ser completamente curado se seguir as recomendações médicas.


Assuntos Relacionados:


Além dessas existem muitas doenças causadas por bactérias como a tuberculose, a difeteria, coqueluche, pneumonia, escarlatina, tétano, leptospirose, tracoma, gonorréia, sífilis, meningite meningocócica, cólera, febre tifóide, entre outras. A prevenção da maioria dessas doenças pode ser feita por meio da vacinação e à prática de hábitos de higiene , como lavar as mãos com freqüência e lavar e/ou ferver os alimentos antes de ingeri-los.


Gostou do Blog?? Cadastre seu E-Mail e Receba as Atualizações:
DOENÇAS CAUSADAS POR BACTÉRIAS
Blog DCH- Fotos e Vídeos

0 comments:

Post a Comment

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...